Facebook Twitter Google RSS

05 dezembro 2007

A difícil arte de simplificar textos

Áurea     10:35  8 comments

"Muitos textos científicos são escritos numa linguagem de difícil compreensão para o grande público. Torna-se necessário simplificá-los, tornando-os mais acessíveis. Observem abaixo os estágios da simplificação." – Assim escreveu Dad Squarisi no Correio Braziliense, 2 de fevereiro de 2003.
Reproduzo a versão da jornalista que tem coluna congênere no jornal de Brasília.

Texto original (versão Ph.D.)
O dissacarídeo de fórmula C12H22O11, obtido através da fervura e da evaporação de H2O do líquido resultante da prensagem do caule da ramínea Saccharus officinarum, Linneu, isento de qualquer outro tipo de processamento suplementar que elimine suas impurezas, quando apresentado sob a forma geométrica de sólidos de reduzidas dimensões e arestas retilíneas, configurando pirâmides truncadas de base oblonga e pequena altura, uma vez submetido a um toque no órgão do paladar de quem se disponha a um teste organoléptico, impressiona favoravelmente as papilas gustativas, sugerindo impressão sensorial equivalente provocada pelo mesmo dissacarídeo em estado bruto que ocorre no líquido nutritivo da alta viscosidade, produzindo nos órgãos especiais existentes na Apis mellifica, Linneu. No entanto, é possível comprovar experimentalmente que esse dissacarídeo, no estado físico-químico descrito e apresentado sob aquela forma geométrica, apresenta considerável resistência a modificar apreciavelmente suas dimensões quando submetido a tensões mecânicas de compressão ao longo do seu eixo em conseqüência da pequena deformidade que lhe é peculiar.

Primeira simplificação (mestre)

A sacarose, extraída da cana-de-açúcar, que ainda não tenha passado pelo processo de purificação e refino, apresentando-se sob a forma de pequenos sólidos tronco-piramidais de base retangular, impressiona agradavelmente o paladar, lembrando a sensação provocada pela mesma sacarose produzida pelas abelhas em um peculiar líquido espesso e nutritivo. Entretanto, não altera suas dimensões lineares ou suas proporções quando submetida a uma tensão axial em conseqüência da aplicação de compressões equivalentes e opostas.

Segunda simplificação (graduação universitária)
O açúcar, quando ainda não submetido à refinação e, apresentando-se em blocos sólidos de pequenas dimensões e forma tronco-piramidal, tem sabor deleitável da secreção alimentar das abelhas; todavia não muda suas proporções quando sujeito à compressão.

Terceira simplificação (ensino médio)
Açúcar não refinado, sob a forma de pequenos blocos, tem o sabor agradável do mel, porém não muda de forma quando pressionado.

Quarta simplificação (ensino fundamental)

Açúcar mascavo em tijolinhos tem o sabor adocicado, mas não é macio ou flexível.

Simplificação final (linguagem popular)
Rapadura é doce, mas não é mole, não!

Fonte: Email de um amigo.

,

Áurea


Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Ut odio. Nam sed est. Nam a risus et est iaculis adipiscing. Vestibulum ante ipsum faucibus luctus et ultrices.
View all posts by Naveed →

8 comentários :

  1. Adorei esse texto Aú! Muito bom!

    ResponderExcluir
  2. é f... né menina, quando querem complicar conseguem, kkkkkkkkkk, beijos boa tarde! Ah meu blog tá abrindo normal, inclusive baixei o IE 7.0 no baixaki e tá como o firefox, muito bom! beijos

    ResponderExcluir
  3. Áu o simples ainda é tudo acredite...to rindo até agora beijos

    ResponderExcluir
  4. O povo de mais antigamente era mais sabido!

    Adao Braga

    ResponderExcluir
  5. Muito, muito bom, kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Pra que simplificar se dá sempre pra complicar, não é mesmo???
    Beijo grande!
    E bom trabalho! =P

    ResponderExcluir
  7. Realmente, Amiga Áurea, as suas simplificações são estonteantes de auxílio e clareza agradáveis e que explicam e dão sentido a uma exagerada e extremamente difícil conjunto de palavras sem sentido para a maioria das pessoas.
    Sabe, encontro aqui sempre algo genuinamente peculiar, invulgar.
    Sabe, o quê, amiga Áurea?
    O seu talento, a sua maravilhosa criatividade e o Ser Humano fascinante que é.
    Aqui tudo é PERFEITO!
    Beijinhos amigos de estima. Muitos!
    Sempre a lê-la com delícia

    pena

    ResponderExcluir
  8. Rsrsrs porque será que prefiro o resultado final, sem muita enrolação? rsrsrs
    BJss

    ResponderExcluir

COMENTE À VONTADE!
MAS NÃO ASSINE COMO ANÔNIMO, ASSIM FICA DIFÍCIL DE RESPONDER PARA VOCÊ!

Recent news

About Us

Proudly Powered by Blogger.